Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

A mobilidade urbana é uma das questões mais discutidas na sociedade atual. Além dos problemas com engarrafamentos e longos períodos gastos no trânsito, o grande volume de veículos nas ruas ainda gera danos ao meio ambiente.

A solução não é algo simples, que possa ser alcançado apenas com ações governamentais. É preciso contar com a colaboração de todos os agentes envolvidos, o que inclui também os cidadãos e as empresas. Afinal, os horários de pico existem justamente por causa dos trabalhadores que se deslocam no trajeto entre suas residências e seus locais de trabalho todos os dias.

Neste artigo, você entenderá por que é tão importante que as empresas tomem providências que contribuam para a mobilidade urbana e como implementá-las. Confira!

O que é a mobilidade urbana?

A mobilidade urbana é o conjunto de ações que permitem o deslocamento das pessoas nas cidades, independentemente do motivo. Apesar de parecer algo simples, ela envolve muitos aspectos que vão desde a infraestrutura das vias até a determinação de restrições de tráfego em regiões e horários específicos.

Os problemas com a mobilidade urbana começaram com o crescimento acelerado das cidades. As ruas e avenidas não foram projetadas para suportar o volume de veículos que temos atualmente e, com isso, o trânsito fica cheio, engarrafado e estressante.

Como a mobilidade urbana afeta as empresas?

Se a mobilidade urbana diz respeito ao deslocamento das pessoas pelas cidades, como ela afeta as empresas? A resposta você confere logo abaixo.

Redução da qualidade de vida dos colaboradores

Quem precisa enfrentar o trânsito de uma metrópole todos os dias sabe muito bem o quanto isso afeta a qualidade de vida. São muitas pessoas se deslocando simultaneamente, nas mesmas direções, lotando as principais vias.

O tempo de trajeto aumenta, o que obriga os colaboradores a acordarem mais cedo para não se atrasarem. O transporte público, muitas vezes ineficiente, gasta boa parte da energia do dia já nas primeiras horas. Na volta, mais engarrafamentos e mais tempo desperdiçado, que poderia ser usado junto à família ou na prática de algum hobby.

Queda na produtividade dos colaboradores

Com uma rotina tão cansativa, é bem mais difícil sair de casa motivado para o trabalho. A criatividade é afetada, e o colaborador tende a se estagnar em sua função. A empresa precisa se esforçar ainda mais para mantê-lo produtivo, oferecendo benefícios e vantagens que superem todo esse desgaste.

Aumento no índice de absenteísmo

Menos horas de sono, mais estresse e menos tempo para a prática de atividades saudáveis resultam na queda da imunidade e no aumento do absenteísmo. Do ponto de vista da empresa, isso significa que esses colaboradores estarão mais suscetíveis a faltar por causa de doenças e tratamentos médicos. São dias em que eles estão recebendo seus proventos, mas não estão gerando renda para o negócio.

Como as empresas podem contribuir para melhorar a mobilidade?

Vimos, até aqui, que a mobilidade urbana está relacionada ao uso das vias e dos diferentes meios de transportes. Sendo assim, a dúvida que surge é: como as empresas podem contribuir para melhorias no trânsito das cidades? Adotando e estimulando novos hábitos, como você poderá ver a seguir.

Promoção da flexibilidade de horários

Os horários de pico só existem porque a grande maioria das empresas exige que seus colaboradores cumpram o mesmo horário comercial. Contudo, não é todo tipo de negócio que demanda toda essa rigidez. Atividades administrativas, por exemplo, podem ser realizadas em qualquer horário.

A flexibilidade de horários permite que cada pessoa decida o melhor momento de realizar seu deslocamento dentro de uma faixa permitida. O escalonamento pode ser aplicado nos cargos que demandam mais rigor, tais como os de vendedor, que precisa estar na loja quando ela é aberta.

Adoção de uma política de home office

Outra prática que ajuda a reduzir o volume de veículos nas ruas é a política de home office. Os colaboradores não precisam trabalhar todos os dias fora do escritório, mas podem ter certa abertura para ficar de casa uma ou duas vezes na semana. Parece muito pouco, mas se todas as empresas adotam essa prática, pense na quantidade de pessoas a menos no trânsito.

Incentivo ao uso de bicicleta

A mobilidade urbana envolve o uso de diferentes modais de transporte. Entre eles, as bicicletas têm um apelo maior pelo fato de não serem poluentes, ocuparem menos espaço na via e ainda ajudarem na prática de atividade física.

A empresa pode incentivar seus profissionais oferecendo um bicicletário, para que eles tenham onde deixar suas bikes em segurança, e vestiários para que eles possam se recompor antes de começarem sua jornada.

Além dos benefícios para a mobilidade urbana, o uso da bicicleta ajuda a melhorar a saúde física e mental das pessoas, reduzindo a vulnerabilidade a doenças e os índices de absenteísmo.

Estímulo à prática da carona

O fator mais agravante dos problemas de mobilidade urbana é a quantidade de veículos subutilizados. Carros que poderiam levar 5 pessoas contam apenas com o motorista e ocupam um grande espaço na via. Com tantas pessoas se deslocando na mesma direção, quantas delas não poderiam estar juntas?

O estímulo da empresa pode vir na forma de um programa de conscientização e, até mesmo, de bonificação para quem oferece e para quem utiliza as caronas. Todos acabam obtendo alguma vantagem com iniciativas dessa natureza.

Terceirização da frota

Por fim, é importante se lembrar também da frota de veículos próprios. Muitas vezes, eles são pouco utilizados e não passam por uma manutenção adequada. Uma empresa parceira, especializada em gestão de frotas, consegue atender às necessidades do negócio com veículos de capacidade adequada e em ótimo estado de conservação.

Muitos dos deslocamentos podem ser compartilhados com outras empresas, reduzindo a quantidade de veículos de cargas nas ruas e proporcionando melhorias imediatas no trânsito das cidades.

A mobilidade urbana é importante para toda a população, para órgãos governamentais e para as empresas. Todos são usuários e são afetados pelos problemas e pelas ações para minimizá-los. Se cada um fizer a sua parte, todos nós ganharemos um trânsito e um mundo melhores.

Gostou de aprender um pouco mais sobre esse assunto? Então, aproveite para ficar por dentro de todas as novidades e conteúdos da SPVale. Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Fale com um consultorPowered by Rock Convert
Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert