Quem trabalha com Recursos Humanos vez ou outra se depara com benefícios, direitos e obrigações de empresas e colaboradores. Com tantas mudanças na legislação trabalhista, é comum surgir a dúvida se o vale-alimentação é obrigatório ou não. Já adiantamos que conceder esse benefício não é um dever das companhias.

Porém, recomenda-se que você entenda o que diz a lei a respeito dos direitos dos trabalhadores e repense a importância do vale-alimentação, porque ele pode oferecer muito mais ganhos para a empresa do que se possa imaginar.

Quer saber quais são eles? Não perca a leitura, pois vamos explicar em detalhes!

O que a lei diz?

A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), no artigo 458, informa que o salário do trabalhador deve compreender, para todos os efeitos legais, a alimentação, habitação, vestuário ou outras prestações in natura que a empresa fornecer ao colaborador.

Isso quer dizer que o salário do profissional já deve incluir o valor com alimentação. Portanto, trata-se de um benefício concedido pela companhia (e não um dever). Vale ressaltar que, pelo fato de ser uma gratificação, não deve haver incidências desse valor com finalidades tributárias e previdenciárias do trabalhador.

Quais são as vantagens de oferecer o vale-alimentação?

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Isso se deve tanto aos trabalhadores, que estão mais capacitados, quanto às empresas, que procuram oferecer benefícios para atrair os melhores talentos. Afinal, quanto mais experiente e qualificado for, mais o profissional fica atento às vantagens oferecidas pelas companhias.

Quando o assunto é vantagem, o vale-alimentação é um desses diferenciais que mais chamam atenção entre os benefícios. Além disso, a empresa que investe em bons programas de incentivo, incluindo a alimentação, percebe melhorias como:

  • maior retenção de talentos;
  • mais satisfação entre os colaboradores;
  • sentimento de valorização da empresa por parte dos funcionários;
  • clima organizacional mais saudável;
  • fortalecimento da imagem institucional;
  • mais engajamento e produtividade, pois os colaboradores trabalham mais satisfeitos.

Por que contratar uma empresa de gestão de benefícios?

Sua empresa ainda não oferece o vale-alimentação? Com tantas contrapartidas vistas anteriormente, você já deve estar pensando na possibilidade de implantação desse benefício para os colaboradores, certo?

Dúvidas como “de que forma vou gerir mais esse trabalho?” ou “isso vai aumentar as minhas demandas, que já não são poucas?” podem estar rondando você, mas não se preocupe. Sabemos que o setor de Recursos Humanos deve atuar cada vez mais estrategicamente em busca do melhor desenvolvimento do seu capital humano.

É por isso que existem empresas especializadas no gerenciamento de benefícios para outras organizações oferecerem aos seus funcionários. Desde o vale-transporte, que é um direito do trabalhador, até o vale-refeição e vale-cultura, tudo pode ser gerido em uma plataforma única e que oferece serviços completos para otimizar o processo.

A SPVALE é uma dessas empresas e tem tradição no mercado. Além de visar o atendimento excelente e estar sempre atenta à valorização do capital mais importante das organizações, que são os colaboradores. Agora que você tirou a sua dúvida se o vale-alimentação é obrigatório, o que acha de investir nessas vantagens aí na sua empresa?

Essa é uma boa oportunidade para conhecer os nossos serviços! Entre em contato conosco e saiba quais são os nossos diferenciais!

Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert