Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Uma das principais questões envolvidas em um processo de recrutamento e seleção é o ajuste das expectativas entre o que os candidatos com bom potencial querem receber e a realidade financeira da empresa. Muitas vezes, há um descompasso entre a pretensão salarial do profissional e os valores que a organização pode pagar.

Nesse sentido, é fundamental fazer uma análise criteriosa dos currículos, além de trabalhar para alinhar o plano de cargos e salários às práticas de mercado e às responsabilidades da função. No conteúdo a seguir, você vai conhecer um pouco mais a respeito do assunto!

A busca pelos melhores profissionais

Toda empresa, por mais que invista em tecnologias e maquinários, depende de gente para alcançar seus objetivos. São as pessoas que definem as estratégias, colocam as ações em prática e fazem as coisas acontecerem. Sem profissionais qualificados, nenhum negócio consegue se permanecer produtivo ao longo do tempo.

Por mais estruturadas que sejam as políticas de retenção de talentos em uma companhia, sempre existirá a necessidade de contratação. Há uma rotatividade por motivos variados e que independem da vontade da empresa. Também pode haver a possibilidade de crescimento das operações, demandando uma maior quantidade de mão de obra.

Quando isso acontece, é preciso recrutar novos colaboradores. Pensando no sucesso, é de se esperar que o interesse seja em contratar os melhores profissionais disponíveis. Mas, sem dúvidas, este não é um processo simples.

A relação entre o salário e as responsabilidades

Quando determinada empresa abre uma vaga de emprego, tanto de reposição quanto de expansão, deve ser feito um levantamento dos papéis e atribuições exigidos para aquela função. Com base nessas informações, é possível definir um perfil de interesses que inclui pontos como grau de instrução, tempo de experiência, cursos de especialização e passagens por situações com desafios correlatos.

Portanto, é de se esperar certa coerência entre o pacote de remuneração e benefícios pedido pelo candidato e o nível de expectativa que se tem em cima das atividades que ele realizará. Além disso, é preciso levar em conta o cenário da categoria profissional e os salários praticados pelos concorrentes. É importante haver um equilíbrio entre a pedida média dos candidatos e os valores que a empresa está disposta a pagar.

A análise do currículo

Ao avaliar o currículo de um candidato, é preciso identificar os pontos em comum entre os requisitos estabelecidos para a vaga e a trajetória do interessado. Atualmente, além das questões já mais convencionais, como formação acadêmica e passagens por cargos com responsabilidades similares, falamos em alinhamento por competências.

No contexto de Recursos Humanos, as competências dizem respeito ao conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes de um indivíduo. Ou seja: não adianta o candidato mencionar que sabe determinado tópico. É preciso que ele demonstre como já atuou com aquilo e quais resultados obteve. Quanto maior for a capacidade de realização de uma pessoa, sua projeção de ganhos se torna mais alta.

A escolha pelo candidato ideal

Dificilmente encontramos candidatos perfeitos, que atendam a 100% das exigências e se enquadrem totalmente no orçamento. Desse modo, é preciso colocar os aspectos envolvidos na balança e priorizar.

Se há um valor máximo que a empresa pode pagar já previamente definido, devemos buscar pelo concorrente com o maior número de competências de interesse e cuja pedida esteja dentro do esperado. Também é possível procurar por aquele que tenha mais potencial de desenvolvimento.

Agora, se há margem para negociação, talvez valha a pena optar por alguém cuja pretensão salarial esteja acima da média, mas que tenha uma maior probabilidade de entrar e já resolver o problema. É importante também avaliar os impactos da contratação no todo da empresa.

Quando um colaborador ganha muito mais do que os demais membros de uma equipe, outros problemas de relacionamento podem surgir. Tal escolha não é uma ciência exata e todos esses pontos precisam ser avaliados.

Sem dúvidas, a avaliação da pretensão salarial precisa ser ampla. Analise todos os lados e opções existentes, de modo a conseguir atrair os melhores talentos, mas sem comprometer as finanças e o ambiente.

E então, nosso artigo foi útil para você? Quais são suas impressões a respeito do tema? Não se esqueça de deixar seu comentário!

Fale com um consultorPowered by Rock Convert
Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert