A tecnologia está cada vez mais presente em todos os setores das empresas, e não seria diferente com o de Recursos Humanos. A área tem atraído grandes investimentos tecnológicos, principalmente com a tendência de HR Tech.

O conceito é relativamente recente e cresceu bastante nos últimos anos. Ele faz referência direta ao uso de novas tecnologias nas rotinas de RH, trazendo mais modernidade e eficiência ao setor. 

A ideia tem dado tão certo, que muitas empresas estão investindo em soluções para a gestão de pessoas. Por conta disso, novas ferramentas são criadas especificamente para a melhoria dos processos internos dos recursos humanos. 

Ficou interessado no assunto? Neste artigo mostramos o que é uma HR Tech, os principais benefícios e tudo mais que você precisa saber sobre essa tendência. Acompanhe!

O que é HR tech?

HR Tech se refere às empresas que desenvolvem ferramentas tecnológicas para a área de recursos humanos. A expressão é uma redução de Human Resources Technology ou tecnologia para Recursos Humanos.

Assim como outras empresas de tecnologia, as HR Techs buscam soluções para otimizar os processos e melhorar a eficiência de uma área que, nesse caso, é o RH. Também é uma forma de reduzir custos, agregando mais valor à atuação dos profissionais do setor.

Essas soluções tecnológicas foram desenvolvidas a partir das próprias demandas das organizações. Antes de se tornar um nicho de mercado, as próprias empresas de tecnologia, como o Google e o Facebook, investiram em ferramentas que contribuíssem para a gestão de pessoas. Isso porque enxergaram o papel estratégico do RH na produtividade e na eficiência do negócio como um todo.

No entanto, não demorou muito para que outras empresas percebessem o potencial da Human Resources Technology como negócio. E então foram sendo desenvolvidas tecnologias de recrutamento e seleção, treinamento, desenvolvimento da cultura organizacional e da comunicação interna, entre tantas outras.

Atualmente, o setor movimenta bilhões no mundo todo e atrai inúmeros investimentos. Essas startups tem se tornado grandes parceiras dos profissionais de RH, proporcionando inúmeros benefícios à atuação deles.

Como funciona?

É provável que você já tenha ouvido falar em tecnologias como Big Data, people analytics, inteligência artificial, softwares de gestão, isso se já não utiliza alguma delas na sua empresa. O fato é que uma HR Tech geralmente aplica alguma ou várias dessas ferramentas para criar uma solução totalmente nova e voltada especificamente para o RH.

Dessa forma, essas tecnologias são usadas para o recrutamento e a seleção de pessoas, por meio da análise de currículos e perfis comportamentais (people analytics), assim como para a geração de indicadores de desempenho, pelo processamento de dados (Big Data e inteligência artificial). 

Outro exemplo são as ferramentas de gamification (gamificação), usadas no treinamento e no engajamento de pessoas por meio de jogos eletrônicos. Sem contar os diversos sistemas de gestão de RH já usados há mais tempo na otimização dos processos do departamento, como o controle e o arquivamento de documentos ou o armazenamento de todas as informações de pessoal.

Quais são as ferramentas usadas?

Como visto, houve uma fusão das tecnologias, dando origem a ferramentas distintas, próprias para a gestão de pessoas. Ou seja, o que é chamado de HR Tech, na verdade, define um conjunto genérico de inovações no setor. A seguir, trazemos algumas das ferramentas mais usadas.

Human Resource Information System (HRIS)

Trata-se de um software de gestão, que permite o armazenamento de dados e a automatização dos processos do RH. Nele, são inseridas todas as informações dos colaboradores, desde a admissão até o desligamento. Uma grande vantagem é que eles operam na nuvem, sendo pagos de acordo com o uso e a necessidade de cada empresa. Além disso, alguns deles podem ser integrados a outras soluções.

Folha de Pagamento 

A folha de pagamento pode ser uma solução separada ou integrada a um software de gestão. Assim, tem todos os registros dos funcionários, fazendo o cálculo dos salários de acordo com as horas extras, impostos e todas as obrigações trabalhistas. 

Gestão de talentos

Esse tipo de software pode atuar tanto na obtenção dos perfis mais adequados para cada oportunidade, como na publicação das vagas e seleção dos melhores candidatos. Alguns podem até mesmo realizar testes online e organizar o fluxo de entrevistas.

Gestão de performance 

Já as ferramentas de performance são usadas para avaliar o desempenho dos colaboradores em determinado período. Todas as ações dos funcionários são registradas, gerando um feedback quase contínuo. Dessa forma, eles próprios podem melhorar a performance ou receberem um reconhecimento pelo bom resultado.

Engajamento de colaboradores

Os softwares de engajamento atuam na comunicação interna e no endomarketing. Alguns integram soluções de gamification e outras propostas que ajudam no treinamento e na produtividade no trabalho dos funcionários. 

Gestão de benefícios 

O pagamento de benefícios, como vale-transporte, convênio médico e ticket alimentação, ocupa bastante tempo dos profissionais de RH. Para ajudar nesses processos, já existem ferramentas que cuidam da gestão de benefícios, ajudando no controle de toda a movimentação dos atuais e na contratação de novos.

Por que implementar esse modelo na empresa?

Alguns profissionais de RH ainda resistem à adoção das ferramentas de HR Tech por acreditarem que elas devam substituir o trabalho feito pelas pessoas. No entanto, o objetivo dessas tecnologias é exatamente o contrário. Elas visam fortalecer a atuação desses profissionais, contribuindo para a superação de desafios comuns no setor.

Um exemplo disso é nos processos de recrutamento e seleção de pessoas. Em vez de ficar horas analisando e fazendo a triagem de currículos, essa etapa pode ser feita por um software, a partir do perfil já estabelecido pelo profissional. A ferramenta também pode realizar testes online, agilizando etapas que poderiam ser bem mais demoradas.

Desse modo, as ferramentas de HR Tech servem para acelerar os processos do setor, otimizando o dia a dia dos profissionais. Portanto, sobra mais tempo para outras tarefas, como a definição de uma estratégia e a análise dos resultados da área. O profissional de recursos humanos pode, inclusive, voltar mais a sua atuação para a gestão de pessoas, com um contato mais próximo dos colaboradores.

Como ele tem se desenvolvido no Brasil?

Até pouco tempo as HR Techs eram novidade no Brasil, apesar de já terem surgido há alguns anos no exterior. No entanto, a partir da criação de algumas empresas pioneiras, o mercado se desenvolveu bastante, principalmente a partir de 2016 e 2017. 

Entre as HR techs brasileiras, podemos encontrar empresas de employer branding, HRIS, gestão de benefícios, people analytics, entre outras. Entretanto, a grande maioria ainda atua no recrutamento e na seleção, servindo também como banco de talentos e vitrine de vagas para os profissionais.

De fato, os sites de vagas foram as primeiras inovações na área. Inicialmente, eles serviam apenas como mediador entre recrutadores e candidatos, por meio de anúncios de oportunidades. No entanto, atualmente, a maioria deles já oferece soluções mais completas, como a seleção de perfis e a realização de testes.

De qualquer forma, a tendência é que o mercado brasileiro de Human Resources Technology cresça a passos largos nos próximos anos, buscando atender às principais demandas do setor.

Quais são os benefícios?

Agora que você já compreende um pouco do cenário das HR Tech, queremos mostrar quais as vantagens de estabelecer uma parceria com esse tipo de empresa. Obviamente, listaremos apenas as principais, uma vez que isso pode depender bastante das necessidades do seu negócio.

Otimização dos processos de recrutamento e seleção

Talvez esse seja o benefício mais percebido pelas empresas até agora, pela própria inserção de sites e ferramentas de recrutamento e seleção. De fato, antigamente esse processo era bem difícil e demorado.

Afinal, as vagas eram publicadas em jornais, murais e comunicados internos e agências especializadas, dificultando bastante encontrar os candidatos adequados. O desenvolvimento tecnológico permitiu que esse cenário mudasse com o tempo. 

Hoje, já existem inúmeras plataformas digitais de recrutamento e seleção, que fazem a divulgação das vagas, a triagem dos currículos mais aderentes e até agilizam alguns processos, como entrevistas e diferentes testes online.

Assim, os candidatos podem ser escolhidos a partir de critérios pré-estabelecidos, como formação acadêmica, experiências e preferências profissionais. Além disso, não é necessário que os recrutadores analisem cada um dos currículos, pois a própria ferramenta faz isso.

Com isso, os recrutadores conseguem ganhar muito tempo. Se antes eram necessários meses para preencher uma posição, principalmente as com mais requisitos, hoje isso pode ser feito em poucas semanas e até em alguns dias. Contudo, o melhor mesmo é poder encontrar profissionais bem mais adequados às vagas.

Gerenciamento das rotinas de RH

Entretanto, o recrutamento é só uma pequena parte do trabalho do RH, não é mesmo? Por isso, as ferramentas que estão surgindo na atualidade são mais voltadas para a otimização das rotinas do setor, em atividades como a folha de pagamento, o controle de contratações e demissões, entre outras.

Essas soluções se tornaram tão relevantes, que uma delas é fornecida pelo próprio governo. Trata-se do e-Social, plataforma que agrega a maioria das obrigações trabalhistas e é integrada aos principais órgãos governamentais.

Essa e outras ferramentas de HR Tech otimizam a gestão e a realização das principais obrigações do departamento. Mais do que isso, contribuem para a conformidade com as leis e todas as regras vinculadas.

Monitoramento da produtividade 

Outras soluções tecnológicas permitem o gerenciamento e o acompanhamento das atividades dos colaboradores. Atualmente, dá para criar e organizar as tarefas, montar cronogramas e novos projetos.

Desse modo, esse tipo de plataforma contribui não apenas para a colaboração das equipes, como para o monitoramento do desempenho de cada um por meio da avaliação de indicadores de RH. Os gestores conseguem avaliar melhor a produtividade e incentivar a melhoria do trabalho.

Esse tipo de acompanhamento também é fundamental para revelar e desenvolver talentos, transformando-os em líderes no futuro. Ou seja, essas ferramentas contribuem para a eficiência das equipes e para a avaliação dos profissionais.

Gestão de benefícios simplificada

Os benefícios são muito importantes para a atração e a retenção de talentos, sendo um dos grandes diferenciais competitivos de uma empresa no mercado. No entanto, quanto maior o portfólio da organização, mais difícil é controlá-los e organizá-os.

Por essa razão, um software de uma HR Tech pode fazer toda a gestão dos benefícios da empresa, inclusive, ajudando a encontrar os melhores de acordo com as preferências dos colaboradores. 

Redução de custos 

Todos os benefícios mencionados acima também levam a empresa e o RH a uma redução de custos. Contudo, é necessário destacarmos o quanto a automação de tarefas contribui para isso. Além da economia, a automação reduz a quantidade de erros e refações. Portanto, sobra mais tempo e recursos para se inovar ainda mais e encontrar novas soluções e melhorias.

Como implementá-lo?

Ainda que o mercado de HR Tech seja emergente, já existem diversas empresas que oferecem todo tipo de solução para a área de recursos humanos. Embora isso não signifique que qualquer uma delas pode, realmente, fazer a diferença na rotina do seu setor.

Por isso, o primeiro passo para implementar uma Human Resources Technology é entender quais são as necessidades e deficiências do seu setor. Isso porque não adianta sair contratando todo tipo de ferramenta sem antes saber quais os objetivos.

E esse pode ser mesmo um erro dentro das organizações, não só na área de recursos humanos. As novas tecnologias devem ser usadas para suprir uma necessidade ou aproveitar uma oportunidade de crescimento. Do contrário, pode ser considerado um desperdício.

Depois de identificar uma necessidade ou oportunidade, é hora de escolher os parceiros certos. Nessa hora, vale pesquisar bastante e testar todas as funcionalidades. Nesse sentido, os testes gratuitos são uma boa opção. Alguns deles oferecem uma versão grátis mais básica, que pode funcionar como um teste. Se necessário, depois é só fazer o upgrade para a versão paga, que contém mais recursos e funções.

Além disso, é bom conferir quais parceiros oferecem um suporte completo ao serviço, com a possibilidade de treinamento dos seus colaboradores. Afinal, é fundamental que eles saibam utilizar todos os recursos da ferramenta contratada. Ou seja, antes de contratar um serviço, analise todas as vantagens agregadas a ele.

Enfim, o fato é que uma ferramenta de HR Tech pode contribuir bastante para as rotinas do departamento de recursos humanos. Por isso, vale a pena conhecer essas tecnologias que só têm a acrescentar em eficiência e produtividade para o setor e a empresa como um todo.

Gostou de saber o que é HR Tech? Quer ler mais sobre a aplicação de novas tecnologias em gestão de pessoas? Então, veja também como se preparar para as principais tendências de RH 4.0!

Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert