Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Uma administração eficiente é fundamental para a satisfação dos colaboradores e o sucesso de uma empresa. No entanto, realizar uma boa gestão de pessoas em tempos de crise é ainda mais necessário, pois se trata do setor responsável por ajudar na adaptação de novas rotinas e pela conscientização.

A criação de manuais de conduta, assim como o desenvolvimento de materiais para auxiliar na rotina, são exemplos de uma boa gestão de pessoas. A equipe também pode avaliar a possibilidade de fornecer recursos para a adoção do home office e a criação de canais de interatividade entre os colaboradores durante esse período.

Neste post, vamos abordar os principais desafios que a pandemia trouxe e a importância de estudar o cenário para identificar os pontos-chave da crise. Além disso, falaremos sobre a necessidade de transparência com a equipe e de investir na comunicação interna. Acompanhe!

Identifique as mudanças e os desafios

Com o agravamento da pandemia causada pela COVID-19, o Governo determinou que apenas serviços essenciais permanecessem em funcionamento regular. Desse modo, todos os demais tiveram que se adaptar e migrar para ambientes como o home office, e-commerce e operações remotas, conceitos que muitas empresas ainda não estavam preparadas para aderir.

A ideia de trabalho remoto funciona muito bem para determinadas profissões, com a possibilidade de dar continuidade do serviço com o auxílio de computadores e da internet. Para outros que necessitam estar presencialmente na empresa, os desafios são maiores, pois como não podem levar o trabalho para casa, precisam lidar com a ociosidade e o medo de ser desligado.

A volta gradual das atividades no espaço físico da companhia também representa um grande desafio para a gestão de pessoas. Afinal, é necessário desenvolver formas de manter o distanciamento social, de garantir a higiene correta e de oferecer os equipamentos de segurança necessários para a prevenção do coronavírus no ambiente de trabalho.

Analise o cenário e os pontos-chave da crise

Com diversas empresas funcionando com sua capacidade reduzida, pequenos e médios empreendimentos fechados e a diminuição das atividades econômicas a nível mundial, as lideranças precisam inovar e ter precauções nas tomadas de decisão. O mais importante é respeitar as medidas de segurança e lembrar que o momento de crise é passageiro.

Para administrar melhor o momento, o primeiro passo é entender a situação da empresa, do setor, do mercado e dos colaboradores. Descobrir como cada um está reagindo e como suas ações podem impactar cada um deles é uma das tarefas a serem cumpridas. Além disso, é imprescindível acompanhar as determinações do governo, dos órgãos de saúde e o que outras empresas estão fazendo para diminuir o impacto da crise.

Sabe-se que o vírus é transmitido por vias respiratórias, então o uso correto das máscaras, assim como a higienização dos ambientes, dos objetos e das pessoas reduzem a contaminação do coronavírus significativamente. Ainda assim, a adaptação das atividades do dia a dia para atender às normas de segurança representa a mudança da cultura organizacional nas empresas.

Entenda a importância da transparência

Uma gestão transparente traz credibilidade e coerência, critérios essenciais para fidelizar o colaborador. Novas ideias e soluções podem surgir de qualquer pessoa, contribuindo para o aumento da qualidade dos serviços e para a evolução da empresa. Além de motivar, a transparência desenvolve a confiança entre a equipe e seus gestores, gerando melhores resultados no setor.

Powered by Rock Convert

Como parte da gestão de pessoas em tempos de crise, a transparência de dados e informações contribui para o bem-estar dos colaboradores e dos clientes. Ao manter todos informados das estratégias de ação da empresa, é possível diminuir a ansiedade e apreensão de todos os envolvidos.

Por essa razão, os líderes devem compartilhar com sua equipe as suas decisões e, assim, evitar surpresas desagradáveis e boatos que podem prejudicar no rendimento das pessoas. Saber que a companhia está atenta às necessidades e preocupação de seus colaboradores pode ajudar a enfrentar de forma mais tranquila os momentos de crise.

Invista no bem-estar do colaborador

O bem-estar dos colaboradores de uma empresa está diretamente ligado ao seu potencial e desempenho de seus serviços. Por isso, para que o negócio continue as suas atividades, é fundamental dar atenção às necessidades dos trabalhadores. Confira algumas maneiras de realizar essa tarefa durante a pandemia.

Aposte em canais de comunicação interna

Um colaborador satisfeito trabalha com mais eficiência e com maior qualidade, por isso a gestão de pessoas deve garantir que suas necessidades sejam atendidas. Em momentos de crise, é importante que a equipe de RH busque novos canais, como o chatbot, para manter essa comunicação entre os gestores e equipes da empresa.

Além disso, criar canais exclusivos para fazer comunicados sobre as diretrizes da empresa diante da pandemia é fundamental para evitar a circulação de notícias falsas. Incentivar encontros diários ou semanais, virtualmente, também é importante, pois estimula a convivência e o contato. Outra medida eficiente é o compartilhamento de vídeos com mensagens positivas ou dicas de atividades para os momentos de descanso.

Evite o estresse e priorize a saúde mental dos colaboradores

Conscientizar as pessoas para ter mais a empatia e paciência entre os colegas, além de adaptar a gestão de benefícios para os funcionários em home office são outras boas ações.

É possível também criar lives ou bate-papos com psicólogos e grupos de terapia para abordar temas como ansiedade, depressão e como a saúde emocional e psicológica podem ser afetadas nesses momentos de crises e incertezas.

Nesse contexto, é essencial entender o momento de cada pessoa e identificar situações de vulnerabilidade, mapeando os pontos críticos dos processos e como estão sendo afetados pelo novo cenário. Dessa forma, além de manter a transparência, a empresa demonstra aos colaboradores que os gestores estão desenvolvendo planos de ação para reduzir ou reverter os impactos da crise.

Adapte-se

Uma boa empresa se adapta ao que for necessário para continuar funcionando ativamente no mercado. Portanto, vale a pena aproveitar esse momento para testar novas tecnologias e práticas alternativas no ambiente de trabalho. Assim, quando a pandemia terminar, será possível avaliar quais medidas poderão ser mantidas e quais não condizem com a nova realidade.

Como visto, são muitos pontos de atenção e trabalho constante da equipe para conseguir uma boa gestão de pessoas em tempos de crise. Todas essas dicas podem garantir a manutenção da empresa no mercado durante a pandemia, desde que estejam conciliadas com as tendências do RH pós-coronavírus para melhores resultados.

O que achou deste artigo? Gostaria de saber mais sobre como fazer uma boa gestão de pessoas em momentos de crise? Então não perca tempo e entre em contato com nossa equipe para obter mais informações!

Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert