Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

A área de Recursos Humanos é bem dinâmica e evolui constantemente, de acordo com as mudanças que ocorrem no mercado de trabalho, as novas tecnologias e os estudos que surgem sobre o comportamento humano. Entender os termos do segmento é fundamental para quem trabalha no ramo, por isso, elaboramos este dicionário do RH.

Afinal, sabemos que lidar com pessoas e com as práticas de RH requer muito estudo, atualização constante, estratégia, bom autogerenciamento e, principalmente, gostar da área em que atua, pois o aprendizado e os desafios são constantes, mas, ao mesmo tempo, enriquecedores.

Neste post, selecionamos alguns dos conceitos principais e mais utilizados — entre os mais atuais — no segmento para você se informar e consultar sempre que tiver interesse. Você verá como o dicionário do RH vai facilitar o seu dia a dia!

Absenteísmo

Esse é o indicador de o quanto os colaboradores estão faltando ou se ausentando do trabalho. A ausência pode acontecer por vários motivos, como a insatisfação ou mau relacionamento com os líderes ou com os processos internos; por problemas familiares; doenças físicas ou psicológicas, entre outros fatores.

O absenteísmo é um dos principais indícios de que algo não vai bem em alguma estrutura da organização ou até mesmo com o profissional. Por isso, é fundamental aplicá-lo na empresa para entender quais processos precisam ser modificados e como a instituição pode ajudar os profissionais faltosos.

ASAP

Essas são as iniciais do termo em inglês “as soon as possible” e significa “o mais rápido possível”. O conceito, geralmente, é utilizado pelos líderes ou profissionais de RH quando querem designar que algo seja executado o quanto antes possível pelos colaboradores, devido à urgência.

Brainstorming

O termo em português significa “chuva de ideias” e é utilizado muito em reuniões, conferências ou treinamentos onde os trabalhadores são solicitados a participar e dar sugestões de ideias. Nesse momento, eles são estimulados a usar a criatividade e têm liberdade para se expressar, tendo como objetivo encontrar uma solução para determinado desafio ou situação.

Benchmarketing

É o processo no qual a empresa busca referências de concorrentes pelo mercado a fim de identificar ações que deram certo para implementar internamente. Assim, a companhia se espelha em ações tomadas por outras instituições para entender as melhores práticas que foram adotadas, com o intuito de corrigir ou otimizar as atividades que são desenvolvidas internamente.

Burnout

Distúrbio psíquico que resulta do estresse avançado do indivíduo causado por influência do ambiente de trabalho. Colaboradores com burnout se sentem esgotados física e mentalmente. Esse é um fator fundamental a ser observado pelas empresas, devido à rotina dinâmica e agitada em que a sociedade vive atualmente e que causa pressão no trabalhador.

Business Intelligence

Também conhecido como BI, o Business Intelligence é uma estratégia que coleta, organiza e faz a análise de dados para que a empresa possa tomar decisões de forma estratégica, qualificada e mais ágil. Para isso, são utilizados softwares e programas que contam, de preferência, com tecnologia de ponta.

Coach

É o profissional que orienta e conduz o colaborador ao desenvolvimento profissional e, consequentemente, pessoal. É um treinador que visa propor formas e facilitar para que o indivíduo se autodesenvolva, melhore suas habilidades, descubra novas aptidões ou conheça novos caminhos profissionais.

CRM

CRM são as inicias do termo “Customer Relationship Management” e significa Gestão de Relacionamento com o Cliente. A estratégia visa centralizar o cliente como o principal foco do negócio. Desse modo, a companhia que adota o CRM tem o objetivo de tentar perceber e antecipar as necessidades desses clientes para, assim, oferecer um atendimento diferenciado.

e-learning

Treinamento ou ensino à distância realizado pela internet, por meio dos qual os colaboradores assistem vídeo-aulas, participam de fórum de discussões e contam com materiais para aprendizagem. É uma espécie de faculdade corporativa online.

Empowerment

É um conceito de gestão empresarial que significa “empoderamento” e, na área de RH, pode ser entendido como dar poder ao grupo. Nesse sentido, a empresa confere mais autonomia e poder aos colaboradores para que eles aprendam a tomar decisões e assumir responsabilidades.

Feedback

Adotar a cultura do feedback é uma forma de dar retorno aos profissionais e apontar os erros ou acertos, de modo a direcioná-los a fazerem os ajustes necessários para se desenvolver. Além disso, é uma maneira de reconhecimento pelo desempenho técnico e comportamental. Geralmente, é feito de forma individualizada entre líderes e funcionários.

Gestão Comportamental

O termo significa gerir por comportamento, ou seja, o gestor deve levar em consideração os perfis diferentes de colaboradores que se apresentam na empresa. A metodologia define quatro tipos de profissionais: analistas, comunicadores, planejadores e executores.

Ciente das características de cada um, é importante que os líderes promovam ações específicas para cada tipo comportamental. Esse é um assunto muito atual no mercado e, cada vez mais, as companhias têm adotado estratégias que têm a gestão comportamental como pilar para buscar o melhor relacionamento com os seus trabalhadores.

Gestão de custos

Esse é um termo muito utilizado por vários setores das empresas, não somente no RH, e define as melhores práticas para gerir bem os custos de uma companhia. Em Recursos Humanos, a gestão de custos é muito utilizada para determinar como as atividades do setor podem ser desenvolvidas causando o mínimo impacto financeiro possível.

Nesse contexto, são elaboradas estratégias de, por exemplo, como recrutar e selecionar de forma otimizada e gastando menos; como realizar treinamentos utilizando poucos recursos; como os processos podem ser automatizados para evitar retrabalhos e desperdícios, maneiras de economizar com o transporte, entre diversas outras ações.

Governança organizacional

Método no qual a empresa visa governar a companhia visando às prioridades. As formas de operação e os procedimentos adotados devem ser informados de forma clara e acessível para todos os profissionais. A governança é composta pela política interna, condutas, costumes e processos pelos quais uma organização é administrada.

Hard Skills

Ao pé da letra, hard skills significa “habilidades difíceis”. No entanto, entenda que essas são as capacitações técnicas de um profissional e todas as qualificações que podem ser vistas pelo currículo ou por meio de diplomas, certificados, cursos, testes práticos, entre outras formas de atestar o conhecimento.

Ou seja, são as habilidades palpáveis, que o profissional conquistou com o seu esforço, dedicação e que levaram tempo. Essas qualificações não têm relação com o comportamento e com a inteligência emocional de cada indivíduo.

Headhunter

É o profissional que atua com o foco em identificar talentos no mercado de trabalho. Sua função é unir esses profissionais às empresas contratantes. A junção dos termos da palavra significa “caçador de cabeças” e define algo como “caça-talentos” do mundo corporativo.

Holística

Significa compreender o todo e não apenas as partes separadamente. É um paradigma que determina que as fronteiras só existem na mente humana e que não devem ser consideradas. Ou seja, na teoria, é importante entender os acontecimentos, fatos e fenômenos de maneira global.

Home office

É uma forma de trabalho remoto desenvolvido pelos profissionais, também conhecida como teletrabalho ou teleatividade. Nessa modalidade, os profissionais exercem suas atividades de casa e, para que isso aconteça com êxito, devem contar com ferramentas adequadas, de preferência, fornecidas pela empresa.

Learning Organization

O termo define a expressão “organização em constante aprendizagem” e traduz o conceito de aprender por meio dos conhecimentos que vão sendo adquiridos pelos colaboradores. Ou seja, é quando a empresa evolui entendendo quais são os erros e acertos dos processos realizados pelos seus profissionais.

Lean Production

É uma definição corporativa que significa “produção enxuta” e é embasada em quatro pilares: comunicação eficaz, trabalho em equipe, não desperdício ou uso eficiente de recursos e melhoria contínua dos processos. Foi criado nos anos 70 por fabricantes de veículos de grandes empresas com o objetivo de reduzir custos e aumentar a produtividade.

Mentoring

Significa mentor ou tutor. É uma técnica de desenvolvimento profissional que consiste em um líder ou colaborador mais experiente auxiliar outras pessoas com menos experiência no ambiente corporativo. É como se fosse o monitoramento em um processo de estágio com novatos na empresa.

Networking

Esse é um termo muito comum na área da RH e define a rede de relacionamentos profissionais. Além disso, conceitua as formas como os indivíduos podem aumentar e fortalecer seus contatos profissionais, por meio de parcerias, com a divulgação no mercado, entre outros.

Onboarding

Conceito de processo de integração de novos funcionários na companhia. Nessa etapa, os recém-contratados são orientados e capacitados para que a sua entrada na empresa tenha a melhor experiência possível e a adaptação seja mais rápida.

Outplacement

É a recolocação de colaboradores que foram dispensados de uma companhia para trabalharem em outra organização, que pode ser parceira da empresa. Consiste em uma técnica para tornar o processo de demissão mais humano, na qual todos podem sair beneficiados de alguma maneira.

Outsourcing

A tradução literal da palavra significa “terceirização”. Essa ideia pode ser entendida como um método de obter recursos humanos ou capitais por meio do serviço externo.

People analytics

O termo quer dizer “análise de pessoas” e consiste em coletar, organizar e informar dados sobre um grupo, apontando tendências de comportamentos e padrões. Ao analisar esses dados, a empresa consegue tomar decisões mais estratégicas levando em conta as informações desses profissionais.

Presenteísmo

É o conceito que define quando o colaborador está de corpo presente no ambiente de trabalho, mas sua cabeça não está lá. Ele vai à empresa, mesmo com problemas de saúde ou pessoais, mas não desempenha suas atividades como deveria, pois não consegue focar nas tarefas devido aos conflitos que enfrenta.

Qualidade total

A qualidade total envolve, efetivamente, a qualidade em todas as ações realizadas pela empresa, tais como a excelência nos processos; a busca de um bom relacionamento entre clientes e fornecedores; a integração e o sentimento de pertencimento dos colaboradores; o desejo de aprimorar continuamente as atividades internas e a orientação para o mercado.

Rapport

A palavra é francesa e significa “relação”. O termo define a expressão “criar uma relação”, relacionamento mútuo de confiança entre as pessoas. A técnica é utilizada no RH para gerar segurança na comunicação durante o processo de recrutamento, nos treinamentos e em diversos outros momentos.

RH 4.0

O RH 4.0 é uma tendência da área na qual o objetivo é focar no uso inteligente das ferramentas tecnológicas. Essa é uma estratégia que visa aliar o comportamento das pessoas, que muda de acordo com as novas tecnologias. Com isso, a empresa consegue aprimorar uma série de processos voltados os colaboradores utilizando ferramentas inovadoras.

Stakeholders

Na tradução, a palavra significa acionistas e, na prática, define o grupo de indivíduos que estão diretamente ligados e interessados nas atividades e na performance da empresa, como os próprios acionistas, os clientes, o governo, a sociedade, entre outros.

Soft Skills

São as competências comportamentais de um indivíduo, caracterizadas pelo aspecto emocional e a forma como ele reage às pressões, se relaciona com os outros e lida com as situações vividas no ambiente de trabalho. Ou seja, é o modo como o colaborador sabe lidar com a sua inteligência emocional e como isso conta a seu favor no mundo corporativo.

Turnover

Trata-se da taxa de rotatividade da empresa, ou seja, quantos colaboradores estão sendo demitidos ou pedindo demissão. Esse é um indicador fundamental a ser utilizado pelas organizações, pois, por meio dele, é possível identificar gargalos e deficiências existentes, assim como evitar prejuízos financeiros.

Conhecer os principais conceitos da área contribui para que o setor seja um RH estratégico dentro da organização e isso faz toda a diferença no desenvolvimento das atividades dos profissionais que lidam com pessoas. Afinal, sabemos que esse é o foco principal dos líderes de Recursos Humanos: atuar mais estrategicamente e executar menos atividades burocráticas.

Por meio do dicionário do RH, você consegue entender melhor as funções e definições de cada termo e pode sempre consultá-lo para relembrar quando precisar. Essa é uma excelente ferramenta para auxiliar no dia a dia, principalmente para profissionais novos na área ou que buscam se atualizar sobre as atividades do setor.

Além de entender conceitos fundamentais utilizados no segmento, é importante conhecer também os principais indicadores de RH e saber como eles funcionam. Aproveite e curta nossa página no Instagram.

Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert