Quando lidamos com pessoas, todo cuidado é pouco, não é mesmo? Qualquer benefício gerenciado errado pode causar desmotivação, problemas trabalhistas ou gastos excessivos. Não acredita? Experimente falhar no controle de abastecimento para ver se sua empresa vai funcionar da mesma maneira.

Se você desanimou só de pensar no trabalho que vai dar, fique tranquilo, pois existem soluções simples e acessíveis. O uso de planilhas ou software e a análise por quilômetro rodado são exemplos de meios muito utilizados pela área de Recursos Humanos para administrar essas despesas com eficiência sem despender muito tempo nessa atividade.

Por ser algo tão importante, dedicamos este post para apresentar formas para ter mais controle sobre a sua frota. Confira!

Como posso fazer o controle de abastecimento?

O controle de combustível influencia diretamente no custo da operação. Quando feito de maneira conveniente, pode reduzir seus custos e evitar gastos desnecessários. A principal vantagem do controle de abastecimento é a possibilidade de registrar todos os dados para saber em que se pode economizar e de que maneira.

Confira algumas dicas e veja qual delas mais se aplica ao seu negócio.

Os motoristas devem ser orientados a cuidar dos veículos

Um bom planejamento de rotas com controle de velocidade e o alinhamento com a equipe sobre a importância de cuidar bem do veículo ajuda a evitar gastos desnecessários com combustível. A conscientização pode ser feita por meio de palestras e cursos de qualificação, por exemplo, de forma que o motorista entenda a importância de uma melhor gestão no controle de abastecimento.

Vale combustível

Oferecer vale combustível aos funcionários permite uma gestão mais transparente dos valores gastos. É necessário levar em consideração a demanda de cada veículo da frota no momento da recarga. Assim, você consegue garantir a redução do risco de pequenas fraudes e usos indevidos do orçamento da empresa.

A manutenção dos veículos deve estar sempre em dia

Sabemos que é mais barato manter do que recuperar, e essa frase se aplica muito bem aos gastos com veículos, pois um problema mecânico ou a falta de revisão podem acarretar em um consumo de combustível mais elevado.

Fique sempre atento ao tempo de uso do óleo, pneus gastos ou sem calibração e demais fatores que geram um gasto maior de combustível. Quer mais uma dica para reduzir custos? Busque uma oficina de confiança e estabeleça uma parceria, assim, as duas empresas podem ganhar em descontos e divulgação dos serviços.

O peso da carga também influencia

O peso da carga, com o peso próprio do veículo, pode afetar diretamente no controle de abastecimento, pois um veículo mais pesado consumirá mais combustível. Veículos pesados requerem mais força para rodar e adquirem essa força aumentando a injeção de combustível no motor, da mesma forma quando roda por muito tempo em marcha lenta.

A tecnologia pode ser uma aliada no controle de abastecimento

Os avanços tecnológicos podem ser de grande auxílio. O uso do GPS e a telemetria ajuda a localizar os postos de abastecimento, identificar o condutor, a rota percorrida via satélite, a quilometragem por litro e outros dados que são analisados e enviados para o gestor tomar as devidas providências para melhorar os resultados.

Quando paramos para pesquisar, descobrimos várias formas diferentes de realizar o controle de abastecimento, mas para cada opção existe um perfil de empresa e de funcionário em que elas se encaixam. Esse conhecimento é importante em qualquer etapa de aprimoramento da empresa, seja nos processos, na contratação, nas políticas internas ou nos investimentos.

Caso tenha dúvidas sobre como implementar essas medidas ou quais seriam mais efetivas para o tamanho e perfil de sua empresa, entre em contato conosco e conheça nossos serviços.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert