Independentemente da área de atuação da sua empresa, a gestão de benefícios precisa ser bem planejada. Afinal, eles são fundamentais para motivar a equipe. Nesse sentido, é comum surgir a dúvida na hora de escolher entre cesta básica ou vale-alimentação para os colaboradores.

É fundamental pesquisar e informar-se sobre o assunto. Para ajudar você nessa missão, discutiremos as principais diferenças entre esses dois benefícios neste artigo. Continue a leitura e descubra qual é o melhor para a sua empresa!

Valor dos benefícios

O vale-alimentação tem um valor fixo, que costuma ser alterado anualmente. Assim, o colaborador precisa pesquisar no supermercado os produtos mais baratos, estando sujeito às oscilações do mercado, mas pode escolher exatamente o que adquirir.

Já a cesta básica contém alimentos cujos preços são negociados pela empresa fornecedora. Dessa forma, ele pode conseguir manter a quantidade de alimentos todos os meses.

Logística para entrega

No caso do vale-alimentação, a logística é muito simples: basta contratar uma operadora, que envia o cartão para a empresa. O benefício é renovado todos os meses, com o pagamento sendo realizado pela empresa.

A cesta, por sua vez, é entregue todos os meses para o colaborador. A logística fica a cargo da empresa responsável pelo fornecimento.

Tributação e taxas

Para o empregador, cesta básica ou vale-alimentação não incorrem em taxas e não entram no FGTS ou INSS, pois podem ser incluídos no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

No entanto, o vale resulta em taxas para os estabelecimentos, limitando o uso para os colaboradores. As cestas são entregues para o colaborador, sem nenhum custo adicional.

Produtos oferecidos

No caso do vale-alimentação, a escolha dos produtos fica a cargo dos colaboradores, o que possibilita mais liberdade nesse momento. Em alguns casos, as cestas também podem ser personalizadas a pedido do colaborador, com a opção por produtos que mais utilizam.

Saúde dos trabalhadores

A total liberdade de escolha pode ser uma desvantagem do vale-alimentação, uma vez que existe a possibilidade de que os colaboradores optem por produtos pouco ou nada saudáveis. É o caso de alimentos ultraprocessados, ricos em gorduras, açúcares e conservantes.

Nesse sentido, a cesta básica pode ser uma forma de garantir uma alimentação mais equilibrada, com todos os nutrientes necessários a uma boa saúde. De qualquer forma, é importante conscientizar os funcionários sobre o assunto.

Motivação dos funcionários

Ambos os benefícios são fundamentais para aumentar a satisfação dos colaboradores. A escolha entre um e outro vai depender bastante do perfil da sua empresa e dos membros da sua equipe. Por isso, é bom conversar e entender as preferências e necessidades deles.

Essas são apenas algumas diferenças entre cesta básica e vale-alimentação. Vale a pena oferecer esses e outros benefícios, principalmente se forem fornecidos de maneira adequada, de modo a motivar os colaboradores. Para tanto, pode fazer toda a diferença contratar uma empresa especializada, capaz de prestar um serviço de qualidade.

Gostou de saber como escolher cesta básica ou vale-alimentação? Quer entender melhor como funcionam esses benefícios? Então, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Solicite um orçamento de vale transportePowered by Rock Convert